01 de Outubro de 2009

«Só a maldade mantém os velhos vivos»

 

... Dedico este ensaio ao João - pela paragem das idas ao frigorífico a meio da noite; ao Aleixo - pelas descontraturas musculares; ao Pedro - pela incerteza das batidas; e ao Carrapato – pela purificação dos pulmões familiares - a todos eles pela perseverança e teimosia em recusarem o passar dos anos e por terem sabido provar que o desporto pode ser qualquer modalidade, seja como o sumo, em que dois marmanjos cheios de banhas, vestidos com um fio dental, se agarram mutuamente. Dir-se-ia que o vencedor é aquele que muda primeiro a fralda ao outro.

Preferiram o sofrimento, substituindo o banco de dirigente ou treinador, ou a bancada de adepto, por outro mais incómodo, de seu nome: selim. Penso que vão sempre querer continuar a brincar ao desporto tal como na infância e ao longo da vida. Mas a vida vale a pena ser vivida? Ora, meus caros, esta é uma pergunta para um espermatozóide, não para um ser humano. Em frente.

publicado por Ubicikrista às 12:01

mais sobre nós
encontrar qualquer artigo por palavra ex: pudalari
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
15

19
20
21
22
24

25
27
28
29
30
31


Arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


favorito
Contador (não o alberto) de visitas
blogs SAPO