20 de Outubro de 2012

Avô, estás a comer pão com linguiça á boca cheia, amanhã nas análises

 os valores do sangue vão disparar e o medico vai cascar-te

- Não que eu logo á noite bebo um chá de alho e engano os resultados

 

Houve cá neto, há quem diga que o doping (no ciclismo) NÃO devia ser proibido, cada um tomava o que queria. E tal como na droga, se alguns morressem, paciência, há doenças que também matam.

Assim uns são caçados por não dizerem as estradas de má fama que frequentam (valverde), outros por um cagagésimo de uma dose num bife ao jantar (contador). Parece que agora a novidade é ir sacar às análises de dez anos antes, vestígios de algo que só seria proibido dois anos depois (EPO).

- Ó avô mas isso é o mesmo que o meu sogro acusar-me de ter relações extra conjugais antes de conhecer a minha futura esposa.

É claro que nós que andamos de bicicleta há muito tempo, já não temos dúvidas de que todos os profissionais tomam produtos que os ajudam a um desempenho melhor, não neto, não é o comprimido azul. Uns são apanhados pela brigada, também não é a do reumático neto, nem a de trânsito (já lá iremos), mas a do antidoping, equanto outros conseguem escapar. A arte está no modo como cada um sabe manusear os produtos mascarantes.

Repara neto que até qualquer pessoa, mesmo um velhote como eu, em vésperas da ida ao médico consegue disfarçar os diabetes, o colesterol e até o ácido úrico. Ficas a saber que se um condutor alcoólico ingerir umas gotas de vinagre, consegue enganar e passar no teste do balão. Até o perfume mascara o odor de um corpo com a preguiça do banho.

Quantos de nós, na juventude não mascarámos a nossa impaciência perante a futura sogra, para lhe cairmos nas boas graças a fim de lhes sacarmos a filha numa saída noturna tardia.

A verdade neto, é que a lei já permite que todos tomem produtos, mas há um limite que são os glóbulos vermelhos. Como não somos todos iguais cada um tem o seu próprio organismo que pode estar mais perto ou mais longe desse limite, logo uns precisam de tomar mais e outros menos para se equilibrarem nos 50% dos ditos glóbulos. Se o meu corpo produz de forma natural 48%, só posso tomar 2% de doping, digamos, para não ultrapassar. Mas o meu companheiro de equipa toma 15% de doping, porque o organismo dele gera só 35% de glóbulos vermelhos, assim ele pode artificialmente “produzir”, com ajuda médica, o que lhe falta para o limite permitido por lei.

É justo neto? Parece ser, não fora o caso de alguns fazerem batota ultrapassando largamente este limite para depois recorrerem aos tais produtos mascarantes que lhes fazem baixar os valores para que fiquem de novo perto desse limite.

Ficas assim a saber neto, que agora com esta inovação do: EU assisti, ELE disse-me, é fácil apanhar o homem do cancro nos tomates, mesmo sem provas científicas. Ele apenas foi o pioneiro de tudo o que todos fazem hoje em dia. Daqui para a frente, mesmo sem ele, a horta (livestrong) vai continuar a produzir pesquisas, e tudo isto porque há pessoas que juram que falam com deus e muitos acreditam, mas neto, na verdade se formos a ver bem, quer dizer, cientificamente, só os jogadores do benfica e poucos mais o fazem diariamente…

- mas nem é com ele avô, é com o filho.

publicado por Ubicikrista às 00:39

Mário:
Clap, Clap, Clap, Clap, Clap! (palmas)
Muito bem escrito, sim senhor!
Gostei :)
25 de Outubro de 2012 às 18:32

mais sobre nós
encontrar qualquer artigo por palavra ex: pudalari
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
24
25
26
27

28
29
30


Arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


favorito
Contador (não o alberto) de visitas
blogs SAPO