19 de Setembro de 2015

Hoje, num dos passeios habituais (a pé, a correr ou de bicicleta, não interessa) na minha orelha esquerda chegava-me o som de uma radio (local?), em que um comentador de opinião se referia à semana da mobilidade na cidade, coisa que ele era contra, não só este ano, mas porque sempre o fora nos anos anteriores. Motivo: não faz sentido haver um dia por ano da mobilidade, se no resto do ano ninguém quer saber. Não basta fingir um dia. Se alguém quer fazer alguma coisa é mover-se numa ida à mercearia (ali ao lado?) e trazer as compras num carrinho que terá que empurrar até casa, tal como ele faz (e tem um), e não pegar no automóvel ir direto às grandes superfícies e andar a arrastar-se com o carro cheio de compras. Ou levar mesmo as crianças à escola a pé ou de bicicleta, terminava.

São sempre bem-vindas recomendações que possam combater os nossos hábitos de stresse.

Os médicos também começaram a recomendar (receitar) o uso moderado de um copo de vinho tinto a cada refeição (não sei se o pequeno almoço, ou lanche conta como refeição) a partir dos anos 80 do século passado, quando os índices de colesterol dos portugueses começaram a revelar valores perigosos. Até esta altura, curiosamente, ninguém sofria de colesterol, e os portugueses até tinham deixado de beber vinho, porque as estatísticas europeias demonstravam que eram considerados alcoólicos, devido ao número medio de garrafas que cada português emborcava num ano.

São os mesmos médicos (ou outros), que agora recomendam que se ande, Ande, ande muito, Ponha-se a andar pela sua saúde, mas depois volte cá para eu (o) ver. Tal como os patrões para os empregados, Ande, ande cá, para eu o poder por a andar para fora desta fábrica. Até o governo seguiu estas pisadas (estes passos): Vá malta nova andem (desandem?) cá e ponham-se a andar deste país.

Chega. A festa da bicicleta (bikévora 2015) não é só um dia, começou a 12 de setembro e termina no próximo domingo dia 27 e não se destina só a uma camada etária, é para todos os meninos e meninas, novos, adultos, velhos, senhoras, etc. Mas não é só de bicicletas, é de triciclos e qualquer dia de trotinetes ou patins (segway´s é que não, que isso é pior que um carro e deveria ser usado apenas por pessoas menos capacitadas). E há passeios, atividades físicas, bicicletas estáticas (ponham-se a pau que o nome engana), seminários, filmes, etc. basta ver o programa.

Uma criança que compareça com um triciclo, à medida que cresce vai querer participar nos anos seguintes em noitadas com os pais (passeios noturnos), depois numa prova de cicloturismo de 70 ou 80 km, ou até imitar os profissionais numa corrida. E vai querer melhorar a sua bicicleta de acordo com a sua ambição ou interesse.

Ir para um emprego num banco e subir a praça do giraldo em pleno mês de julho ou agosto a pedalar é que já é assunto de outra conversa. Mas aos domingos (terças e quintas, menos) junto ao antigo posto de turismo, na rotunda da torregela, já se juntam cerca de 60 bicicleteiros, às 8 e meia. Se a grande maioria não nasceu a partir de um dos bikévoras, vou ali e já venho.

PS: eu também gostava de levar os filhos ou os netos à escola a pé. Mas além de não poder chegar a horas ao emprego, ainda me espetaram mais uma hora por dia, que não me permite ir buscá-los.

Também gostava de os levar de bicicleta, mas na minha não posso, é só para uma criança e até aos 7 anos. Levando eles as deles a professora decerto não autorizaria, porque iria tirar concentração aos miúdos todos. Indo eu de bicicleta e com os putos a pé, era bonito de ver (ouvir) os nomes que me chamariam.

Folheando o programa diz que amanhã a camara das alcaçovas oferece um lanche a quem se atrever (inscrever) a ir até lá de bicileta, aproveitemo-lo então:

Quem também andou a espreitar mesmo em cima dos ciclistas foi o carlos pinto (video da direita)

    

publicado por Ubicikrista às 23:43

mais sobre nós
encontrar qualquer artigo por palavra ex: pudalari
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
30


Arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


favorito
Contador (não o alberto) de visitas
blogs SAPO