13 de Abril de 2016

Todos conhecemos a historia dos 3 funcionários camarários: um abria o buraco, outro plantava o rebento da arvore e o terceiro tapava. Naquele dia um abria e o outro tapava-o imediatamente. Questionados por um transeunte por aquela prática:

- O nosso colega hoje faltou porque tinha uma consulta medica da caixa.

Há profissões danadas. Hoje um de nós sentiu na pele umas dessas profissões:

Uma carrinha comercial ligeira com as duas portas abertas e lá dentro 2 funcionários dos cêtêtê. Um segura um rolo de fio e o outro dá à manivela para que ele se desenrole ao longo da berma da estrada enquanto a carrinha avança a uma velocidade moderada. Na recolha do fio o mesmo cenário.

Falta um terceiro funcionário para avisar quando o rolo se acaba. E quando isso acontece o fio estica ou o rolo vazio salta das mãos do funcionário. Quando estão a recolher o fio sempre que o da manivela acelera mais que o andamento do carro o fio levanta do chão.

Um ciclista depois de fugir á nuvem negra que já salpicava os bolsos traseiros, abranda finalmente ao chegar à rotunda e desvia-se para a berma para não incomodar o transito. De repente sente a roda da frente ser puxada para o lado. A seguir só já sente a dureza do alcatrão após aterragem. Depois já sente que o braço não lhe obedece. Depois é só esperar deitado no chão ao frio que ambulância demore 40 minutos (a 5 minutos do hospital), depois é só esperar que a operação lhe recomponha a clavícula e o osso do ombro. Depois é só esperar que a porra da entidade patronal dos funcionários do fio assuma a responsabilidade do sucedido.

Depois que lhe paguem as despesas hospitalares. Depois que o indemnizem pelo tempo que está impedido de exercer a sua atividade empresarial e pelos contratos de trabalho já assumidos.

Depois futuramente que as autoridades rodoviárias verifiquem a ausência de sinalizações de que há manobras com veículos a decorrer na estrada e depois lhe apliquem as respetivas coimas pelas infrações.

Depois, depois… Onde estava o funcionário para colocar os pinos na beira da estrada a avisar que havia cabos ao longo da mesma? É que os pinos estavam lá dentro da carrinha, mas sozinhos não saltam para a estrada. Desejamos as melhoras ao funcionário ausente!

publicado por Ubicikrista às 15:36

mais sobre nós
encontrar qualquer artigo por palavra ex: pudalari
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29
30


Arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


favorito
Contador (não o alberto) de visitas
blogs SAPO