10 de Abril de 2016

                                                                       CANTILENA

Fui á praia e achei um búzio, em cima da mesa o púzio,

a minha mãe roubou-mo, mas acho que foi um abúzio.

Carta aberta

Sr presidente:

O grupo dos presentes (desconhecendo a opinião dos ausentes) decidiu manifestar o seu repudio através deste meio pelo seu ignóbil comportamento

Tudo porque na altura dos discursos (almoço) decidiu intervir com a sua presença em holograma e como dispõe dos meios tecnológicos adequados (os média) fê-lo através, não das redes sociais, mas de um vulgar televisor. Quando todos esperávamos que fizesse referencia ao nosso feito em prol do clube eis que resolveu ignorar o facto e desviar o parlapier para uma sra qualquer que meteu a cara à frente dos punhos do marido enquanto este distraidamente treinava uns golpes de boxe. Portou-se como aquelas mães que se envergonham dos filhos num centro comercial e disfarçam entrando nas lojas dos saldos mais à mão, enquanto estes praticam o seu ritual de birra na entrada

Pois fique sabendo que não tem nada que se envergonhar do comportamento destes bravos sócios a que o sr preside como a seguir verá:

Um cavalheirismo de 5 estrelas, tirando as virgulas à moda do porto (car…..s), e umas buffitas inocentes (merendas rápidas, de pé ao balcão, em cafés à beira da estrada).

Um respeito digno pelas refeições, pese embora quase coincidirem, mas sobre a principal, o sócio dias ter feito interpelações auditivas no seio do grupo quanto ao espécime marítimo a ser sacrificado, quando o estomago lhe ralhou. Não acredito, disse! Ao que alguém aconselhou:  

- Tem muita fé João.

Uma direção deveras discreta que pela 1ª vez no clube em vez de delegar funções, empalhou

Fique sabendo que o açor é uma ave da família dos gaviões (ia a dizer falcões) cujo passatempo preferido é atirarem-se aos passarinhos e não aos ca(l)meirões como fazem as piranhas que ferram as canelas dos ciclistas sempre que estes aproximam pelo menos 15 km do mar

Anote aí que é ridículo o strava, antes de sines, ter 14 setores com distancia mínima (abaixo de ½ km). Qualquer dia alguém bate um Kom entre a chapa de matricula da frente e a de trás de um carro abandonado na estrada

E que o mário é o único que se pode queixar da idoneidade destes rapazes (rapariga incluida), uma vez que connosco demorou 5 h e fez o seu próprio regresso em 4 (13:20 --> 17:20). O que prova que mais vale só que mal-acompanhado

Para que não fique com duvidas, sobre atitude dos seus pupilos deixe-nos terminar com 2 historias:

Um colega de trabalho farto de mamar sempre do almoço do outro lá sugeriu, para disfarçar os sistemáticos abusos de forretice, que no dia seguinte seria ele a trazer umas sopas de cação. Mesa posta, pão migado e caldo entornado por cima, pergunta então: Atão e o cação?

- Ah o cação comi-o ontem!

Tá a ver? O convite era só para umas sopas de cação.

A outra é que aqui há anos um motorista da caixa procurava atalhar em lisboa, com a carrinha a abarrotar de jogadores que iam dando indicações para se chegar ao campo de futebol do adversário. Calma estamos na minha zona, onde nasci. Mais uns metros e eis-nos enfiados num beco. Tão, afinal….?

- Epá, no meu tempo esta casa não estava aí à frente.

Tá ver? E logo uma moradia em ruinas com mais de 200 anos

E para que nunca se esqueça do que nos fez deixamo-lo com a frase mais famosa deste dia:

- Só voltamos para trás se o alcatrão se acabar

publicado por Ubicikrista às 20:27

06 de Setembro de 2015

Pareceu crueldade os juízes da vuelta castigarem o sagan e

mandarem-no para casa mais cedo, por mau comportamento.

Mas o que dizer dos juízes portugueses que tiraram um preso

da prisão e também o mandaram mais cedo para casa… da ex,

e sem de lá poder sair. Isto sim é que é castigo.

Por falar em regresso a casa, agora que 8 meses depois, o templo diana voltou - ao lugar onde nunca deveria ter saído e não 500 metros mais abaixo frente ao café dos caracóis -, a ser alvo dos selfies.


publicado por Ubicikrista às 20:49

05 de Dezembro de 2013

Se a juventude soubesse, se a velhice pudesse.

By Henri Estienne

Há um ano toda a gente queria que o maior dos maiores confessasse, agora todos fingem desinteressar-se do que diz. Neste entretanto vitor gamito anunciou que vai voltar ao ciclismo profissional 10 anos depois, i.é., aos 43 anos, depois ter ganho o montado de portel e o transportugal entre outros.

Mas há mais coisas na vida que nunca deveriam ser ditas ou feitas:

treinador: o meu ciclista teve uma queda e por isso afundou-se na classificação geral (e não por não saber nadar. Podia por ex: ter-se afogado em prantos. Eu quando caio esfolo-me)

amigo: o berlusconi foi afastado do parlamento mas ainda está ali para as curvas (foi expulso exatamente por viver obcecado por curvas... menores)

academia de alcochete: vê-se o bom trabalho nas camadas jovens (dantes estas eram só para adultos)

joão moutinho: fui do benfica, mas depois cresci (no quê? Só se foi no pen...derlico)

Ps: Não é justo alguém ingressar na alta competição só porque andou alguns anos a fazer disto:

publicado por Ubicikrista às 14:22

15 de Setembro de 2013

CARISMA

Num registo civil de uma província ultramarina

Que nome vai pôr ao seu filho: é-BATATA. Não pode!

 Porquê se o meu cunhado pode e está de acordo com a profissão.

E o que faz o seu cunhado? Planta milho. E você? Batata.

 E como se chama o seu sobrinho? é-MILHIO

foi a ele a quem armadilharam uma folha de inscritos em time new roman tamanho sete, esquecendo-se que cada vez mais padece do síndroma do braço curto

foi ele que durante meia hora acolheu nos seus braços e aconchegou as mantas ou edredão (à mais nova) de modo a manter bem quentinhas as três dúzias de meninas que os donos montariam a seu belo prazer daí a duas horas, até se escutar uma voz sábia: Sai daí, não serves para arrumador!

foi ele que depois da lagarta se pôr em movimento teve que repetir na coxia mais de 30 vezes: Jantas?

   
publicado por Ubicikrista às 18:52

07 de Julho de 2013

Na banda (não basta) a nha mãe estar doente senão

o mê pai ainda pro cima (também). In, sr mê pai

Há pelo menos duas formas de impedir a livre circulação dos ciclistas na via pública: por atropelamento ou por interpelamento.

 

1 - ATROPELAR (derrubar)

Não chegava aos ciclistas neste ultimo mês terem sido abalroados por viaturas de automobilistas esquivos em circunstâncias diversas:

       *           frontalmente (czto. guadalupe)
       *           lateralmente (aeródromo)
                 mortalmente (lixeira)

publicado por Ubicikrista às 18:48

29 de Junho de 2013

FICÇÃO

A publicidade exposta no dorsal do moça ciclista não levantava

duvidas quanto à origem do seu único sponsor, "Obrigado pai".

by daniel trepa

Um grupo de ciclistasm para divulgar a sua cidade, precisou de mil euros anuais para equipamentos e poder assim funcionar no arranque dos seus primeiros anos de vida. Decidiu abrir as inscrições aos patrocinadores e apareceram 10 candidatos. Como entre eles havia patrocinadores fortes (entenda-se ricos) e menos fortes (pobres), teria que se aplicar o principio da equidade na recolha desses valores. Assim o grupo aceitou 590 euros do patrocinador mais forte, 180 do segundo, 120 do terceiro, 70 do quarto, 30 do quinto e 10 do sexto. Os 4 últimos por serem os mais fracos teriam a sua publicidade nos equipamentos do grupo sem nada pagarem.

publicado por Ubicikrista às 16:41

23 de Abril de 2013

Lema dos entradotes (velhos com cabelo transparente):

não interessa o que foste, mas o que consegues fazer agora

O joão almeida reincidindo, avisou: quero-vos cá! Desta vez não venham sentados no selim para saborear os pasteis, venham em pezinhos de lã ao cheiro das bifanas. Repetiu o aviso por mais conhecidos.

Desafio para um velho é andar de cacheira na mão atrás das raparigas e quando lhe perguntam porquê, diz que não sabe, porque já não se lembra. Provavelmente é só o instinto a ditar leis.

publicado por Ubicikrista às 02:50

08 de Abril de 2013

 Invejo as pessoas que bebem. Pelo menos têm alguma

coisa em que põr a culpa, Oscar Levant

Aviso prévio: as buídas atrapalham nas contas e não evitam a troca de palavras, mas o cérebro saber ler desde que a primeira letra a ultima estejam no sitio, senão vejamos:

HÁ DAUS CETRZEAS NA VDIA: A MOTRE E OS IMPSOTOS, MAS DEOPIS HÁ A CAÇNÃO QUE AVSIA AFNIAL DA EXTISENICA DE UMA EVNETAUL TECRERIA: 100 TRINEOS NÃO HÁ MIGRALES

  
publicado por Ubicikrista às 01:10

10 de Dezembro de 2012

Bem bebidos, perdão hic, embuídos (o CCE) no espírito da sua primeira época natalícia, infira-se: 

    *    sair para a estrada às 14 horas, só é possível com dois tipos de combustível: ou sim (pequeno

          almoço tardio) ou sopas (batido)
    *    lanchar às 3 e meia, em castelo medieval só pode ser tradição (que agora se recupera), do séc.19
    *    não é saudável subir às ameias do dito com pneus fininhos e piso húmido, na iminência de um

          paposeco, que segundo o acordo ortográfico, não é para comer mas para uma conversa fria, com

          vento seco e sem bebida (bater papo) 
    *    o sol de inverno obriga a andar aos apalpões à moça (entenda-se estrada) às cegas, mas o pai

          dela, um velho conhecido (percurso da igrejinha) é dos que não obrigam a casar. Por sorte

          ninguem se comprometeu com beijos ou outros avanços
    *    a vaca e o burro podem desaparecer a conselho papal, mas sem os três reis magos vindos de longe

          (elvas, viana e lisboa) o presépio não ficaria composto
    *    uma gravidez caseira não justifica o vício de ter que lançar mão ao instrumento todos os dias
    *    (a)fundar em simultâneo filhos e cadilhos (clube) 9 meses antes é arte mirabolante

    *    inadmissível é atirar a primeira pedra ao clube só para ele crescer mais forte
    *    em circunstancia alguma três canções chegarão para editar um CD
    *    na meta dos 50 já todos passaram (peso) há muito, uns chegarão lá com o tempo (idade), outros

          nas descidas (velocidade), mas em associativismo pensar tal (numero), era pura premonição 

    *    afinal a alexa(ndrina) é teresa e o alex(andrinho) é vicente

    *    os pastorinhos reunidos à volta da mesa (reguengos, reserva 2008) decidiram sobre o novo judas

          (que antes era messias), pese as instituçoes já negarem a sua existencia: Inocente (zé a direito),

          Nunca me enganou (espanhol), Todos tomam (Cêmauzinho) e, A UCI é o novo herodes (éJudite)

    *    presume-se hic, que a USADA se levar epo antes, hic, perdão o pó, é dos lóios

publicado por Ubicikrista às 19:29

06 de Outubro de 2012

Quando na estafeta solidária médicos do mundo, nos colocam cinco provas à disposição pelo preço de uma (5 euros pela inscrição), a dúvida que nos assalta (não tem a ver com o governo – por isso é que é uma ONG), é de participar nas 3 provas de todo o terreno ou nas 2 de estrada (seguidas)

Percurso 2 – os pedaleiras pela experiencia já adquirida nas 3 provas de cicloturismo anteriores, sabem bem quando acelerar (nas retas), abrandar (antes das localidades) ou esperar (no abastecimento)

Obs: o cebola deve ter feito o melhor treino da época… como mecânico (2 camaras de ar com furos), mas o ti chico, quase na casa dos 80 (-3), que veio de montemor, nem por uma vez descolou do grupo

Percurso 3 – O ccevora que vem de um desafio com cerca de 3 dezenas excursionistas para o algarve (não para a praia) no bikevora2012-vrsantonio, despachou ritmos (média final de quase 34 km/h) que quase dispensavam os batedores, nas alturas em que apenas ocupavam a faixa da berma

Obs: o raposo ainda não tem quem o bata a fazer meio fundo atrás dos popós (ex-fumava-se nas subidas, mas nas retas reaparecia lá na frente como por milagre), tal como a Evora Desporto TV (min 5:30 ao 9:30)

publicado por Ubicikrista às 18:48

29 de Setembro de 2012

Se a montanha vier até ti, pisga-te.

É decerto uma barreira a esbarrondar

Morrer na praia – faltavam, ao rapaz, 50 metros de subida e era só deslizar até ao rio

Pisar o rabo ao gato – um estrondo irremediável (não pode ser remendável) sempre que um pneu dá o berro, substituído de pronto por uma roda ensacada suplente, com recurso a uma bomba de pé ali mesmo à mão

O bidão é como o cão – perigoso porque se mete a rebolar entre as rodas dos ciclistas quando cai do suporte de alguém ou quando não se tem mão nele

 

publicado por Ubicikrista às 10:46

23 de Setembro de 2012

Numa aldeia do norte alguém noticia:

 - O bento levantou as saias à bitorina da padaria.

- O da estrudes? - Não, o bento cabana as járbens

Foi, neste desafio bikevora2012-vrsto antonio, talvez o comportamento mais qu´recto, após decisão imediata de encerramento do mesmo, perante uma simples oferta presidencial: Queres um fruto africano que os símios tanto apreciam? mas interpretado como uma ameaça física real e iminente às partes mais recuadas e já de si bastante sensíveis por nove horas de massacre quase interrupto, do tipo, Ou entras no congelador ou enfio-te a dita pelo pescoço (segundo os franceses) acima.

   PS1: as caralhotas de almeirim são famosas por serem comestíveis mas poucos sabiam da existência destes garalhinhos de saguim bebé (imagens para os não crentes)

   PS2: a força de vontade leonina  por querer cumprir uma regra, em que não aja lugar à exceção, pode até dar alguns pontos durante os treinos, mas toda a gente viu que foi uma queda forçada dentro da área, perdão da praça, só para manter a estatística

   PS3: com desculpa dos olhos em bico, os homens têm tudo contrafeito à disposição para estreia, até de artigos que o clube ainda nem sequer decidiu mandar fazer

publicado por Ubicikrista às 03:21

11 de Junho de 2012

Só agora percebi porque é que a minha prima, que

nasceu na Alemanha, se chama Germana, in I

 

Este évora-fátima, organizado pelo cce, serviu para estrear (obrigatório) e testar (dispensável) farpela inovadora:

a camisola evita o calor à frente (fecho) e a mochila atrás (bolsos), os calções de forro preto (o tal para longas distancias) já vem com o chamado efeito mola – mal o ciclista bate no chão (sobretudo nas curvas), coloca-o de imediato em pé e sem riscos para ambos.

De resto, teve forte presença do vento e das esposas, além de personagens com cojones:

   *    caixa – percorrer em cada domingo os sistemáticos 85 km e ir à cova da iria em dois dias já é                             rotina, mas de uma assentada é desafio
   *    francois – só com uma semana de país, mas a tempo de pegar na trouxa e marchar depois                                    de ver, 12 horas antes, o cartaz exposto a anunciar o evento
   *    gabriel – tal como a serra (estrela) tinha de ser feita um dia, esta tinha de ser feita num… dia
   *    gonçalo – se o pai ribeiro corre para o sul (sagres) o filho “corre” para o norte

   *    inácio – apodado de ter queda para as grandes distancias não se confirmaria tal

   *    liaça - agarrado às manetes 2 horas depois de passar a noite com o orgão entre mãos
   *    paulo – poucos têm um amigo a quem bater a pala antes do santuário
   *    silva – maximo pessoal superado – triangulo de alandroal-reguengos, ainda no tempo do portel

PS: limitar o mário a 1/2 dose quando pretendia repetir o "prato" (antes do almoço) só lhe aguça ainda mais o “apetite”, porque na outra função (reporter/jornalista) atingiu a perfeição a montar

 
publicado por Ubicikrista às 18:43

mais sobre nós
encontrar qualquer artigo por palavra ex: pudalari
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


favorito
Contador (não o alberto) de visitas
subscrever feeds
blogs SAPO