30 de Outubro de 2011

CARISMA

Este sempre foi um lugar que deu guarida a masters. Mas cada dia que passa estes (futuros masters) são cada vez mais novos, e reproduzem-se cada domingo como coelhos. Se os "ditos", são conhecidos pela sua frequência e rapidez com o sexo feminino, também de entre estes novos que se multiplicam (aparecem), haja algum, saído aqui da toca (do grupo), a destacar-se pela rapidez com que chegou ao topo da categoria, mesmo quando ainda ainda tem mais um ano na mesma.

E tudo começou aqui há 2 ou 3 anos nas garagens:

- Quem é o sr jacinto, o meu pai disse-me para vir ter com ele.

Noutro dia o racha esclareceria, Encontrei o pai do moço que me pediu para fazermos por ele.

publicado por Ubicikrista às 14:52

24 de Outubro de 2011

FICÇÃO

Sempre que saio com a minha mulher andamos

de mão dada, se a solto foge para as compras

Pesa sobre as mulheres um desígnio divino: vem uma vez por

mês e dura entre 3 a 5 dias, e não é o período, é o salário

Quando se casaram ela até nem se importava que fosse ele a carregar as compras do lugar de hortaliça lá para casa. Mas na aquisição dos pensos femininos era uma desgraça, e com o aparecimento dos telemóveis a coisa piorou. Ligava-lhe frente à prateleira do supermercado, a perguntar-lhe, Do lado direito ou esquerdo, Mas não há ultrafinos, Nem com risca de cor fúcsia.

 

publicado por Ubicikrista às 21:46

16 de Outubro de 2011

Desperta na pessoa intimidades capaz dos maiores feitos

Dizem que pode mover montanhas, mas desta vez a sua força só foi suficiente para empurrar oito ciclistas com ritmus de spinning, na direção de uma cova onde iria estar o epicentro do fenómeno anunciado 94 anos antes, e este apenas à seis dias, após confronto pedaleiro dominical:

- Sábado com mais alguns, vou ali e já venho, na carrinha do elvense.

O quê? Assim de animo leve, tipo randonneurs? (e apelando ao duo ouro negro) Eu também quero ir.

No dia seguinte, após consultadorias, o pires com a mesma cantiga: Vou levar-te comigo meu irmão.

publicado por Ubicikrista às 01:05

12 de Outubro de 2011

CARISMA

Sou da geração do conhecimento que aterrou na geração (de

políticos) do desconhecimento, in RTP 2, mário fonseca

Antes de chegar isolado ao rossio andou por maus caminhos com uma da montanha habituada a fazer-se ao piso... de estrada. Já vai nas três que papa de seguida sem parar (antes monte trigo, depois cocheiros), não obstante estar quase a soprar desejos, não aos ouvidos delas, mas às velas (40).

Nesta, onde o caçador foi caçado (já lá iremos), depois de se desculpar (-3.25 a -2.50) com uma, perante o município despachou (3.45 a 4.00) outra.

Depois disto já lhe ofereceram que montasse uma especial usada, que depois de satisfeito (final) teria que devolver. Proposta esta inferior à do grupo meses antes: Não, eu gosto é desta que tenho, frisou.

Antes também andou metido com outras: primeiro ao criar a ideia do atual BTT fórum (que outro aproveitou/mudou o nome) e simultaneamente como jornalista/repórter da bike magazine, até um dia de chuva invernal. Ficou-lhe o modo criativo como olha para elas.

Por culpa do toque feminino e do bolso, não hesitou entre o reboliço de transito (lisbia) e a pacatez da companhia do grupo, no qual, entre as saídas deste, faz (às quartas) treinos do tipo randonneurs por todo o distrito, e nelas aproveita para criar mais.

Teve que vender a alma ao diabo, perdão, a casa, mas virtualmente tem outra.

publicado por Ubicikrista às 02:51

08 de Outubro de 2011

Na minha terra não se racha a lenha,

mas na tua racha, in aldeões

Já sabemos que não há almoços grátis. Mas também por 10 aérios e com direito a convívio onde se esculpiram as vicissitudes da manhã, em que políticos, reformados e polícias mexeram os cordelinhos para se poder pedalar tanto tempo em andamento livre. Naturalmente que à tarde, virados alguns jarros já não mexeram tanto os cordelinhos, mas apenas as cordas… vocais:

publicado por Ubicikrista às 16:09

03 de Outubro de 2011

Nas clássicas em espanha a organização avisa: quem ultrapassar a

carrinha é expulso. Soa a partida e a mesma desaparece. In, livro

Este 3 º passeio que os betetistas da malagueira tão bem organizam à vontade do freguês – mais depressa ordenam uns, mais devagar, outros – começa a ter carateristicas de futura clássica de cicloturismo que poderá muito bem vir a ser designada por clássica dos pedaleiras.

5 km (até à casbarra) + 7 km (azaruja-s miguel) + 15 (até ao xarrama) + alguns problemas com o pé do motorista no restante percurso, são valores próximos dos 40% de andamento livre.

Muito longe vão os tempos do cicloturismo do megafone a tocar que o bacalhau quer qualquer coisa. Também a açorda à dias queria. Rescaldemo-la:

Ps: também o município fez a sua.

publicado por Ubicikrista às 22:38

mais sobre nós
encontrar qualquer artigo por palavra ex: pudalari
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

31


Arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


favorito
subscrever feeds
blogs SAPO