18 de Julho de 2011

FISGADA

Passou aqui um ciclista tão rápido que parecia levar um foguete no rabo,

in popular

Se analisarmos esta e outras expressões concluímos que há sempre uma oposta. Vai uma aposta: O ciclista passou mais lento que um caracol. Outras: Decidi ir e nem pensei duas vezes. Outros dirão: Decidi pensar duas vezes e não fui. Esta é racional, a outra imprudente. Num aparte: estes ditados populares têm cada uma. Porquê não pensar duas vezes, não bastava (não pensar) uma? Mais lógico será os que não vão à primeira nem à segunda (e como não há duas sem três, não irão à quarta, nem no resto da semana). Pôr água na fervura, por exemplo, sempre foi apanágio de muitos, mas nada se compara a pôr o dedo na ferida. Se uma é apaziguar, a outra é espicaçar. Espicacemos.

No desporto, o momento alto é sempre no alto de qualquer coisa (daí os palanques) durante a euforia. Mas se quisermos discordar, o momento alto pode ser (ter sido) cá em baixo. A falta de oxigénio tira a capacidade de pensar (e falar). O oxigénio em dose certa devolve a razão. Com um é a descontração, com o outro é a concentração que em certos momentos salva vidas. As descidas para os ciclistas podem ser perigosas, mas as retas para os automobilistas podem ser fatais.

A adrenalina que emerge nas descidas pode ser combatida com a prudência, receio ou medo se quiserem. Mas durante o cansaço e à falta de café, a adrenalina devidamente provocada, faz milagres.

PS: há (vaidosos) ciclistas em que a bota condiz com a perdigota (parte da luva que limpa os cantos à boca). O pedal condiz com o dedal (tampas da fita). A manete condiz com o capacete e com o livrete (pois, já não se usa). A gola da camisola condiz com a virola (do calção), etc. Mas se tudo isto no ciclista condiz, quem é que conduz (no regresso a casa)?

Aqui chegados, só nos resta então um diálogo impensável (entenda-se, sem capacidade para):

publicado por Ubicikrista às 08:12

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


mais sobre nós
encontrar qualquer artigo por palavra ex: pudalari
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30

31


Arquivos
2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


favorito
subscrever feeds
blogs SAPO