04 de Outubro de 2014

Isto de te andarem constantemente a fazerem festas de homenagem de 2 em 2 anos tem que acabar. Desiludam-se, não é por te homenagearem que vais andar menos, ou que com mais uma festa de aniversário encostes de vez a bicicleta. Desistam, a única coisa que tu vais arrumar são mais alguns deles a cada domingo que passa.

Ah e tal eu admiro-te muito. Pois é verdade, ficam-te a admirar cada vez que te escapas num grupo. Qual admiração qual carapuça, eles tem é inveja de que daqui a uns tempos já não te conseguirem acompanhar.

publicado por Ubicikrista às 04:57

11 de Agosto de 2014

Transportai um punhado de terra todos os

dias e fareis uma montanha, By Confúcio

Planeou a coisa discretamente. Tinha em mente um desafio que queria tentar.

Sem levantar ondas, preferia até a piscina, durante 2 anos, 3 vezes por semana, às 6 da manhã punha-se a pino. Os que o viam passar entreolhavam-se na incerteza:

- para onde é qu´é leiria?

Antes de chegar ao emprego, quando não punha os pés nos pedais, era uma correria.

O patrão que é exigente e rigoroso nos objetivos permite alguma flexibilidade para os atingir.

Quando chegou a hora informou o patriarca onde e ao que ia:

- podem seguir-me pela net.

A família de manguinhas arregaçadas prontificou-se frente ao portátil. Assim que suou a vuvuzela o chip denunciou-lhe imediatamente a sua localização.

51 minutos e alguns segundos depois surgiu o 1º nome. A ansiedade familiar era grande. Passaram mais 5 min e nada. 10, 15 e nada. Nada, o seu nome sem aparecer. E pensava-se em voz alta: Eu qu´imbir(l)ro sempre que cai n´àgua porque o registo não funciona, tenho a certeza que o nome dele irá aparecer a menos que se afogue.

23 min exatos depois e quase 400 nomes na lista, lá estava ele.

A ansiedade familiar baixou. Ufa! Daqui para a frente bastaria, a cada volta, controlarem a lista actualizável para lhe seguir os movimentos e saberiam o seu posicionamento. Quando tirou os cotovelos da cabra já só tinha perto de 300 à sua frente e agradeceu ao alentejo o seu relevo.

Mas agora é que ia saber o que era sofrer pois nunca na vida se enfrentara com aquela distância. Apenas metade. Confiou nas suas capacidades e pensou em algo como 10 km/h. Quando chegou a meio, nem quis saber dos km que faltavam, mas que só tinha que continuar a mover aquelas sapatilhas gloriosamente coloridas durante mais 2 horas.

Passados dias, o jorge, morador contíguo, fez queixas à malta:

- o meu vizinho este fim-de-semana meteu-se numa alhada, foi fazer o ironman dos bascos.

publicado por Ubicikrista às 02:57

04 de Agosto de 2014

CARISMA

NOTA PRÉVIA

Surgiu, esta semana, na caixa de correio eletrónico dos

 64 sócios do CCE a declaração que se transcreve

Caros colegas ciclistas

Venho pelo presente informar os meus amigos, que a partir deste domingo (03 de Agosto) irei transferir-me das Palmeiras para as Garagens para realizar o meu passeio de bicicleta matinal de domingo.

Esta decisão deve-se ao nível de performance que as Palmeiras atingiram que não é compatível com o meu nível de andamento. Nesta fase da minha vida procuro que as voltas de domingo sejam um espaço de convívio, com troca de experiências, com conversas de futebol e de política, onde se pedala com espirito de camaradagem e não em ritmo de corrida.

De facto, as Palmeiras transformaram-se num encontro de ciclistas com ambições desportivas em que se procura realizar uma corrida e descarregar o maior número de colegas possível, sendo que eu até admiro e respeito quem compete a nível amador, mas mal se inicia a volta nunca mais ninguém se respeita.

Até domingo.

Daniel Trepa

publicado por Ubicikrista às 02:45

10 de Junho de 2014

- Comecemos então pelos cornos. Dispa-se lá!

Momentos antes a utente pedira ao seu médico de família:

Sr doutor receite-me lá qualquer coisa para enrijar o meu

 marido, algo que o deixe ficar forte que nem um touro.

Como se fabrica um ciclista? Quando o sentam na aranha? Ou no triciclo, seguido da primeira bicicleta? O capacete é uma boa ideia. As luvas também não é mal pensado. As sapatilhas? No futebol costuma resultar.

Por uma questão familiar (o avô abandonou por não suportar as barras nos dorsais), mas sobretudo de amizade, resolvemos inovar.

A ideia de investimento, sem a obrigatoriedade de retorno, começou há 9 anos num autocarro novo construído a pedido de um clube. Acabadinho de estrear, regressou para instalação dos chuveiros. A cunha chegou através de um telefonema do mecânico da scania:

- Vais-te passar quando vires isto!

Ps: com o avô treinador, o pai jogador, tentemos então desviar o puto no rescaldo da festa:

publicado por Ubicikrista às 02:29

31 de Dezembro de 2013

Carisma

Com um procriador que o vigia constantemente, assistiu-se à mais rápida adaptação de um jovem às regras (tomara muitos) de um lar de idosos:

Quando vê que o grupo se começa a alongar em fila indiana aos primeiros kms, deixando as conversas de ocasião com os parceiros adiadas para o dia de são nunca à tarde, cedo percebe que quem lá está na frente é alguém a armar-se ou com o nervoso inconsciente que leva metido mais que o limite da pedaleira pequena ou alguém em pré época de competição a aguentar com rotações acima das 100 pedaladas.

publicado por Ubicikrista às 02:52

30 de Outubro de 2011

CARISMA

Este sempre foi um lugar que deu guarida a masters. Mas cada dia que passa estes (futuros masters) são cada vez mais novos, e reproduzem-se cada domingo como coelhos. Se os "ditos", são conhecidos pela sua frequência e rapidez com o sexo feminino, também de entre estes novos que se multiplicam (aparecem), haja algum, saído aqui da toca (do grupo), a destacar-se pela rapidez com que chegou ao topo da categoria, mesmo quando ainda ainda tem mais um ano na mesma.

E tudo começou aqui há 2 ou 3 anos nas garagens:

- Quem é o sr jacinto, o meu pai disse-me para vir ter com ele.

Noutro dia o racha esclareceria, Encontrei o pai do moço que me pediu para fazermos por ele.

publicado por Ubicikrista às 14:52

12 de Outubro de 2011

CARISMA

Sou da geração do conhecimento que aterrou na geração (de

políticos) do desconhecimento, in RTP 2, mário fonseca

Antes de chegar isolado ao rossio andou por maus caminhos com uma da montanha habituada a fazer-se ao piso... de estrada. Já vai nas três que papa de seguida sem parar (antes monte trigo, depois cocheiros), não obstante estar quase a soprar desejos, não aos ouvidos delas, mas às velas (40).

Nesta, onde o caçador foi caçado (já lá iremos), depois de se desculpar (-3.25 a -2.50) com uma, perante o município despachou (3.45 a 4.00) outra.

Depois disto já lhe ofereceram que montasse uma especial usada, que depois de satisfeito (final) teria que devolver. Proposta esta inferior à do grupo meses antes: Não, eu gosto é desta que tenho, frisou.

Antes também andou metido com outras: primeiro ao criar a ideia do atual BTT fórum (que outro aproveitou/mudou o nome) e simultaneamente como jornalista/repórter da bike magazine, até um dia de chuva invernal. Ficou-lhe o modo criativo como olha para elas.

Por culpa do toque feminino e do bolso, não hesitou entre o reboliço de transito (lisbia) e a pacatez da companhia do grupo, no qual, entre as saídas deste, faz (às quartas) treinos do tipo randonneurs por todo o distrito, e nelas aproveita para criar mais.

Teve que vender a alma ao diabo, perdão, a casa, mas virtualmente tem outra.

publicado por Ubicikrista às 02:51

01 de Outubro de 2009

A saída será às 8:30 (7:30 em Portugal) da manhã no Polidesportivo Ciudad Jardín. O percurso terá  uma distancia de 125 Km. A corrida só começa com um ritmo livre a partir do inicio da ascensão à serra de León, de 864 m , com inclinação média de 5,3%, na distancia de 16 km. Com subidas de inclinação máxima de 11 ou 12%. Segue-se uma descida que passa por Colmenar e Casabermeja, para dar inicio à  ascensão à serra mais dura, El Torcal, passando por Villanueva de la Concepción. El Torcal tem uma inclinação média de 8,4%, com rampas de 14%.

A partir daqui começa o regresso a Málaga, passando de novo por Villanueva de la Concepción e Casabermeja, para enfrentar as últimas subidas da corrida, e chegar à meta situada no Polidesportivo Ciudad Jardín.

Informação Complementar: O Clube Ciclista Malaguenho pretendeu esta prova mostrar a incrível beleza da paisagem de Parques Naturais que há nesta província de Andaluzia, como são o Parque Natural de Los Montes, o Parque Natural de Málaga – Fuente de La Reina e o Parque Natural de El Torcal. Claro que ao pedalar por estes Parques pode-se desfrutar da vista de espectaculares paisagens, formada por variados processos geológicos, meteorológicos e químicos, como são as paisagens Karsticas do famoso Torcal de Antequera.

 

publicado por Ubicikrista às 12:32

mais sobre nós
encontrar qualquer artigo por palavra ex: pudalari
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


favorito
subscrever feeds
blogs SAPO